Skip to Menu Skip to Search Contate-nos Brazil Sites e Idiomas Skip to Content

A produção de óleo de palma para fins alimentícios e não-alimentícios aumentou rapidamente nos últimos 20 anos.

Com este aumento na produção, veio uma crescente preocupação com a sustentabilidade do cultivo do óleo de palma e os efeitos da produção do óleo de palma nas populações locais. Como resposta a estas preocupações, um grupo das principais partes interessadas e ONGs formaram a Mesa Redonda sobre Óleo de Palma Sustentável (do Inglês Round Table on Sustainable Palm Oil - RSPO) em 2004, para oferecer um modelo de gerenciamento responsável das plantações de óleo de palma.

Ao certificar suas operações de óleo de palma de acordo com os requrerimentos da norma RSPO, você ganha vantagem competitiva pois fornece às partes interessadas e clientes a prova do seu entendimento e aceitação da norma. A SGS fornece uma Certificação Mesa Redonda sobre Óleo de Palma Sustentável abrangente e transparente para pequenos e grandes produtores e processadores de óleo de palma, assim como para qualquer pessoa que beneficie-se do óleo de palma sustentável no mundo todo.

Ao fazer uma parceria com a SGS para obter sua certificação RSPO, você irá se beneficiar da nossa experiência de mais de 100 anos como uma respeitada certificadora de produtos agrícolas. Nossa rede global e multidisciplinar de especialistas ajudam-no a garantir que cada elo de sua cadeia de suprimento está alinhado com a norma RSPO.

A RSPO é uma organização voluntária que une os sete grupos associados com a produção de óleo de palma: produtores, processadores ou comerciantes, fabricantes de produtos de consumo, varejistas, bancos e investidores, além de ONGs ambientais e sociais. A certificação RSPO é baseada na observância de cada passo de sua cadeia de suprimento. Durante uma auditoria RSPO antes da certificação, os auditores analisam suas políticas operacionais e processos para estabelecer a conformidade com os princípios e critérios da RSPO:

  • conformidade com leis e regulamentações locais e internacionais
  • compromisso comprovado com a variabilidade econômica e financeira a longo prazo
  • uso das melhores práticas agrícolas por produtores e moendas
  • responsabilidade ambiental, incluindo a preservação de recursos naturais e biodiversidade
  • consideração responsável por funcionários e pela comunidade afetada pelo cultivo ou produção
  • gerenciamento responsável de novas plantações
  • compromisso com a melhoria contínua

A Mesa Redonda sobre Óleo de Palma Sustentável reflete as exigências em constante mudança de seus clientes e partes interessadas. Contate a SGS hoje mesmo para saber como você pode alinhar a sua operação com esta nova importante norma.