Skip to Menu Skip to Search Contate-nos Brazil Sites e Idiomas Skip to Content

Os minerais da argila são usados em uma variedade de setores, incluindo cerâmica, prospecção de petróleo, mineração, pintura, revestimento, absorventes e nas indústrias de papel e metal.

Esses setores enfrentam uma série de problemas relacionados à argila. A argila pode ser difícil de caracterizar devido ao tamanho pequeno dos grãos, composição estrutural variável e cinética de formação e alteração relativamente baixa. A SGS tem a experiência líder no mercado em Mineralogia de alta definição para oferecer a identificação e interpretação da argila.

A XRD (difração de raio X) fornece a rápida identificação de minerais, e revela informações detalhadas sobre a composição química e a estrutura cristalográfica de suas amostras. Ele é útil para a identificação de fases de grão fino, que são difíceis de identificar visualmente, através de microscópio eletrônico de varredura/espectrômetro dispersivo de energia (MEV/EDS) ou avaliação quantitativa de materiais através da microscopia eletrônica de varredura (QEMSCAN®).

Aplicação

O XRD é o método preferido para a especiação de argila, especialmente para argilas que se incham como as esmectitas. A mineralogia de argila pode oferecer um indicador fundamental da presença de mineralização. Esta tecnologia tem várias importantes aplicações para argilas:

  • indicação de presença de mineralização
  • identificação de fases de grão fino
  • compreensão das texturas mineralógicas e distribuição de tamanho de grão para atividades de processamento

Análise XRD de especiação de argila

Minerais de argila identificados por análise de difração de raio X serão relatados e agrupados em quantidades grandes (> 30 %), moderadas (10-30%), pequenas (2-10%) e vestigiais (>2 %). Devido à baixa cristalinidade dos minerais da argila, as amostras são separadas usando uma centrífuga. seguida de uma série de procedimentos (por exemplo, a adição de etileno glicol e aquecimento a altas temperaturas). A preparação é necessária para diferenciar entre as espécies de argila.

Análise XRD de especiação semiquantitativa de argila

Os minerais da argila podem ser informados e agrupados em quantidades grandes, moderadas, pequenas e vestigiais. As abundâncias de minerais para as amostras a granel (em % de peso) geradas por análises de XRD RIR ( ou Ritveld) serão reconciliadas com uma análise de rocha total, mais a análise de qualquer outro elemento principal contido na amostra e informado. A análise de rocha total por espectroscopia de fluorescência de raio X inclui SiO 2, Al2O3, Na2O, K2O, CaO, MgO, Fe2O3, Cr2O3, MnO, TiO2, P2O5, V2O5e LOI.

A SGS é líder do setor em Mineralogia de Alta Definição para a indústria global de mineração e outros setores do mercado que necessitam material detalhado e caracterização de resíduos ou produtos. Para análises quantitativas e determinação de propriedades tecnológicas da argila, confie na SGS.