Skip to Menu Skip to Search Contate-nos Brazil Sites e Idiomas Skip to Content

Teste de radioatividade alimentar da SGS – assegurando que o alimento e seus ingredientes são seguros para comer e atendem os limites de radionuclídeos internacionais.

Desastres nucleares, como o de Fukushima em 2011 e Chernobyl em 1986, fizeram aumentar a preocupação do governo, da indústria e do consumidor em relação ao risco de contaminação de alimentos e água potável por radiação. Nossos laboratórios de teste de radionuclídeos estado da arte têm certificação ISO 17025 e podem ajudá-lo a detectar e medir qualquer contaminação radioativa relevante em seus produtos.

Como os isótopos radioativos entram na cadeia alimentar?

Existem basicamente três formas de contaminação de alimentos:

  • Contaminação superficial – partículas radioativas são depositadas na superfície dos alimentos e, depois, consumidos por humanos ou animais
  • Contaminação do solo – plantas e safras podem metabolizar o solo contaminado e água do solo
  • Contaminação da água – os produtos marinhos e a água podem acumular partículas radioativas da água contaminada

Nossos serviços de teste garantem a segurança do produto e das pessoas enquanto minimizam o risco de pedidos de indenização decorrentes de acidentes.

Quais elementos radioativos podem ser medidos?

Todos os elementos radioativos são mensuráveis, e podemos medir a radiação liberada com um instrumento como o contador Geiger, espectomêtro gama, cintilação líquida e contador proporcional.

Por que escolher a SGS?

Nossa excelência nacional e internacional em testes de segurança de alimentos nos permitem garantir sua conformidade com as regulações de radioatividade alimentar.

Demonstre o seu compromisso com a segurança de alimentos para consumidores, fornecedores e interessados com os testes de radioatividade alimentar da SGS.