Skip to Menu Skip to Search Contate-nos Brazil Sites e Idiomas Skip to Content

Os Princípios do Equador contêm uma estrutura de gerenciamento de riscos de crédito voluntário e um conjunto de diretrizes para avaliação de riscos ambientais e sociais em atividades de gestão financeira de projetos.

Ao adotar esses princípios, o setor financeiro obtém uma série de referências ambientais e sociais para gerenciar os riscos do desenvolvimento da gestão financeira de projetos globalmente. A intenção dos Princípios do Equador é fazer todas as instituições financeiras adotarem um sistema de gerenciamento dos Princípios do Equador que inclua um padrão interno mínimo de diligência e avaliação responsável da gestão financeira de projetos. A meta dos Princípios do Equador é assegurar que os projetos que você financia sejam capazes de atender requisitos sociais e ambientais específicos.

Hoje em dia, mais do que nunca, as instituições financeiras e financiadores de projetos vivem sob a pressão de uma falta percebida de transparência e de gerenciamento de riscos em termos de responsabilidade socioambiental. Ao adotar e auditar os Princípios do Equador em relação aos seus projetos, você poderá mostrar aos bancos, financiadores, investidores, órgãos governamentais e outras partes interessadas seu compromisso com a responsabilidade social e ambiental. A SGS oferece uma avaliação abrangente e confiável dos riscos relacionados aos Princípios do Equador para instituições financeiras que financiam grandes projetos industriais e de infraestrutura em diferentes partes do mundo.

A SGS é a líder confiável em responsabilidade socioambiental. Combinamos nosso conhecimento de normas de gestão financeira e globais de projetos referentes a responsabilidades ambientais e sociais na sua avaliação completa e abrangente. Uma avaliação em relação aos Princípios do Equador examina e verifica a forma como sua operação aborda os dez princípios incluídos no documento:

  • revisão e classificação de projetos;
  • avaliação social e ambiental;
  • normas sociais e ambientais aplicáveis;
  • plano de ação e sistema de gestão;
  • consulta e divulgação;
  • mecanismo de reclamação;
  • revisão independente;
  • convênios;
  • monitoramento e relatórios independentes;
  • relatórios.

Os Princípios do Equador se tornaram o padrão respeitado da indústria para gerenciamento de risco ambiental e social. Seja parceiro da SGS na avaliação dos Princípios do Equador para demonstrar seu compromisso com o financiamento de projetos ambiental e socialmente responsáveis.