Skip to Menu Skip to Search Contate-nos Brazil Sites e Idiomas Skip to Content

Os aviões a jato modernos exigem um combustível de alta qualidade para seus motores, com o objetivo de proporcionar um ótimo desempenho e segurança do voo.

Os critérios rigorosos de qualidade, manipulação, rastreabilidade e desempenho devem ser atendidos antes que o combustível possa ser utilizado. Com os serviços de testes de combustível de aviação da SGS, você pode ter certeza do mais alto grau de controle de qualidade.

Existem dois tipos de combustível de aviação atualmente em uso:

  • Os combustíveis de turbinas de aviões convencionais de hidrocarbonetos (Avtur, Jet A, Jet A-1, JP8), refinados diretamente do petróleo bruto, e também chamados de combustível de aviação.
  • Novos combustíveis inovadores, tais como os combustíveis SASOL, semi e totalmente sintéticos, agora incluídos nas especificações DefStan 91-91 e AFQRJOS. Estes, em breve, serão acompanhados por uma infinidade de combustíveis com base em matérias-primas inovadoras, tais como gás em combustíveis líquidos, carvão em combustíveis líquidos, biomassa para combustíveis líquidos e até mesmo combustíveis provenientes do crescimento de algas.

Classificações do combustível de aviação

Os combustíveis para aviação podem ser tratados sob uma série de normas:

  • ASTM D 1655
  • DefStan 91-91
  • AFQRJOS, a lista conjunta emitida pela JIG, o grupo de inspeção conjunto

A amostragem, manipulação da amostra e a preparação da amostra são elementos-chave dos testes bem-sucedidos de combustíveis de aviação. Os padrões desenvolvidos sob os auspícios da CRS, CAFFI, IATA e JIG são todos considerados conhecimentos essenciais para o laboratório, ajudando-os a controlar o risco na cadeia de suprimentos.

Testes de combustíveis de aviação da SGS

O Jet A-1 deve atender aos requisitos da norma citada em um determinado contrato, ou fazer parte de um padrão mínimo nacional, tal como o acordo oleoduto (por exemplo, Colonial ou Buckeye na América do Norte). Normalmente, este pode ser a especificação DefStan 91-91 e/ou ASTM d 1655 do Ministério da Defesa Britânico e/ou requisitos de qualidade de combustíveis de aviação para sistemas operados conjuntamente (AFQRJOS), ou mesmo qualquer um destes parâmetros, acrescidos de parâmetros adicionais previsto nos contratos.

A SGS oferece:

  • Análise do Jet A-1 comercial com a norma ASTM D1655 e DefStan 91-91
  • Análise de Jet A e Avgas
  • Análise de combustíveis de aviação militar JP-4 e JP-8
  • Testes para requisitos de qualidade de combustíveis de aviação para sistemas operados conjuntamente (AFQRJOS)
  • Testes para todos os departamento de defesa, incluindo especificações MIL-DTL-83133F
  • Recertificação do teste completo ou parcial de aviação, se especificado
  • Dosagem de aditivo; antioxidantes, antiestático, inibidores de corrosão e inibidores de formação de gelo no sistema de combustível (FSII)
  • Rápido prazo de resposta
  • Inspeção e amostragem de serviços para o transporte às instalações de armazenamento de todos os tamanhos de cargas, desde navios até caminhões tanque
  • Testes de absorção - que certificam se um novo tanque é adequado para armazenar combustível de aviação ou se um tanque pode ser utilizado após a conclusão de reparos.
  • Serviços em todos os aspectos da produção de combustível de aviação e cadeia de suprimentos
  • Serviços técnicos e de consultoria para questões de amostragem, análise, validação e relatórios.

Programa de qualidade

Todos os laboratórios de testes de combustíveis de aviação da SGS participam de um sistema internacional de testes de proficiência para Jet A-1. Esses testes de ensaio laboratorial atuam como um indicador de desempenho e ajudam a manter um nível elevado de qualidade e garantia dos nossos laboratórios.

Por que a SGS?

A SGS é membro ativo de muitos órgãos do setor, grupos de trabalho e órgãos que estabelecem as normas internacionais, tais como IFIA, ISO, ASTM, CEN e EI (o Energy Institute, anteriormente conhecido como Petroleum Institute).

Realizamos todas as indicações de inspeção do comércio de cargas de petróleo, gás e produtos químicos, em conformidade com as principais normas de petróleo e petroquímica, incluindo os métodos de testes GOST, UOP, API, MPMS, ASTM, EN ou IP e especificações definidas pela CEN ou ISO ou por meio de organizações normativas nacionais e regionais. Os métodos analíticos sob medida ou fornecidos pelo cliente também podem ser aplicados se as partes envolvidas nos informarem que estas fazem parte das especificações. Sempre que necessário, também podemos ajudar nossos clientes a selecionar os padrões ideais a serem citados e/ou utilizados como forma de permitir a gestão eficaz dos riscos dentro de uma operação específica ou em uma série de operações. A SGS também fornece suporte técnico em todos os assuntos relacionados a tecnologia em uso, normas e práticas de trabalho.

Saiba mais sobre o teste de combustível de aviação da SGS.