Skip to Menu Skip to Search Contate-nos Brazil Sites e Idiomas Skip to Content

Ferramentas auxiliam planejamento de produtividade em 44,5 mil hectares de duas propriedades do grupo no Mato Grosso.

Referência em uso de tecnologia na produção agrícola na região central do Mato Grosso, fazendas do grupo Mano Júlio passam a contar com serviços da SGS Unigeo para o planejamento das lavouras (soja, milho e algodão). Serão atendidas quatro propriedades que somam 44,5 mil hectares até 2018 – municípios de Ipiranga do Norte, Tapurah e Nobres. Os serviços contratados são os de Nutrição de Precisão e Mapeamento de Nematoide.

Gerente agrícola das fazendas Mano Júlio, Pedro Duarte, de 32 anos, afirma que buscou auxílio da SGS Unigeo, de quem é cliente desde 2012, para conseguir mais assertividade nos dados de produtividade das lavouras. “Cruzamos os dados de produtividade com fertilidade para entender porque estávamos colhendo menos em alguns pontos de cada talhão, e qual era a deficiência. Descobrimos que havia uma correlação entre a baixa produtividade com a deficiência de alguns nutrientes e fizemos um planejamento diferenciado. É um sistema novo pra gente, mas estamos no caminho certo”, revela.

Pedro Duarte lembra ainda que é missão do grupo buscar as melhores tecnologias disponíveis no mercado. “Queremos todo o nosso sistema de gestão interligado, o que facilitará bastante o planejamento e gestão das fazendas e das empresas. Queremos total integração das informações técnicas (produtividade por cultura/talhão/variedade, por exemplo) e financeiro-contábeis (custo por hectare, rentabilidade por cultura, fluxo de caixa operacional, entre outras).”

O grupo é comandado por seu fundador, o empresário e agricultor Marino José Franz, que é um dos pioneiros do município de Lucas do Rio Verde.

SGS Unigeo
Agriculture, Food and Life
Tel.: 62 3515 1115
debora.bertolini@sgs.com