Skip to Menu Skip to Search Contate-nos Brazil Sites e Idiomas Skip to Content

Atualmente, questões ambientais, sociais e de governança estão cada vez mais presentes mundialmente. Além disso, essas preocupações também estão afetando o mercado financeiro, e isso se mostra através da ascensão das práticas de ESG. No entanto, afirma-se que a adoção do ESG tem como objetivo escolher, acompanhar e prestigiar as organizações que reconhecem e que adotam tais práticas.

O que é ESG?

Popularmente conhecido no mercado financeiro, ESG é a abreviação de um termo em inglês que significa Environmental, Social and Governance. A tradução para o português é ASG, que se refere à Ambiental, Social e Governança. 

A sigla vem ultimamente se destacando no cenário mundial por estar atrelada a negócios com consolidação no mercado, isto é, que possuem baixo custo de capital, e de resistência mais elevada do que os riscos pertinentes à sustentabilidade e ao clima. 

Acidentes como o da empresa Vale em Brumadinho (MG), que ocorreu em 2019, deu início ao interesse de investidores no Brasil por assuntos como este. 

 

Antes o foco era somente em Governança

Durante muito tempo, o mundo corporativo, que inclui empresas, investidores, organizações e governo, tinham como foco somente o que dizia a respeito de Governança. 

Em princípio, aspectos ligados às normas trabalhistas, regulatórias, contábeis, Lei Anticorrupção e código de conduta da empresa eram imprescindíveis para a avaliação antes de investidores apostarem em determinada empresa. Porém, nos últimos anos, muitos acionistas vêm considerando os conceitos ambiental e social também antes de adquirir uma ação. 

Entretanto, isso ocorre devido aos critérios envolvidos no ESG que disponibilizam informações para os investidores, ou seja, dados que mostram a relação da companhia com as questões ambientais, seu compromisso com a sociedade e relacionamento com a comunidade. Geralmente, as organizações que desempenham bom trabalho de governança se tornam mais confiáveis por se tornarem menos propensas a se envolverem em problemas relacionados à corrupção.

 

ESG no Brasil

Em terras brasileiras o ESG ainda está na fase inicial. Pois, as áreas que desenvolvem os critérios de sustentabilidade, governança e questões sociais ainda não são muito expressivas. Com efeito, a maioria corresponde aos investidores mundiais que estão fora do Brasil. 

O termo ESG está cada vez mais comum no mundo dos bancos, corretoras e fundos de investimentos. Contudo, de acordo com uma avaliação detalhada sobre o meio ambiente, sociedade e governança.  

As empresas que aplicam as práticas de ESG normalmente possuem um negócio mais bem estruturado e melhor performance em gestão. Isso proporciona melhor desempenho sob o ponto de vista financeiro.

Segundo a  XP Investimentos, empresas como Natura e Ambev, são exemplos de empresas nacionais que trabalham baseadas em padrões ESG

 

Impacto empresarial

As empresas que ainda não focam nos padrões ESG acabam se sentindo obrigadas a se moldarem aos critérios impostos. Tendo em vista, que geralmente os investidores escolhem por incluir ações ESG em suas carteiras de investimentos.

Ao adotar essas práticas há vantagens para as questões ambientais quanto para as empresas e investidores. 

De acordo com a empresa Nielsen, uma pesquisa realizada em 2017 mostrou que 81% dos consumidores de todo o mundo optam por empresas que ajudam a melhorar o meio ambiente. Além disso, aproximadamente 60% dos consumidores estão extremamente preocupados com a poluição, uso de plástico em embalagens, entre outros. 

A maioria das pessoas e empresas que compram ações se questionam sobre o impacto do ESG nos investimentos. No entanto, podemos elencar quais seriam alguns desses impactos:

- Elevação do posicionamento da marca.
- Mais transparência nas relações entre os stakeholders;
- Maior competitividade de longo prazo;
- Potencial valorização das ações de empresas;
- Redução dos riscos de investir nessas companhias;

Em conclusão, os fundos baseados em ESG são opções relevantes para quem deseja unir investimentos e sustentabilidade. Ao passo que, eles são cada vez mais comuns globalmente, há diversas opções disponíveis para investir com critérios ESG.

 

Porque escolher a SGS para avaliações em ESG?

Com a expertise mundial da SGS em auditorias e assegurações junto com a experiência em sustentabilidade coorporativa adquirida em anos de atuação junto as maiores companhias do Brasil, a SGS Sustentabilidade é a melhor opção no mercado para avaliações ESG. Entre em contato para falar conosco e conhecer as nossas soluções. 

SOBRE A SGS

A SGS é a empresa líder mundial em inspeção, verificação, testes, certificação e treinamentos. Reconhecida como referência global em qualidade e integridade, a SGS conta com mais de 94.000 funcionários e opera uma rede de mais de 2.600 escritórios e laboratórios em todo o mundo.